(Re)nascer aos 30: Depois de um pé na bunda, Cacau Ribeiro olhou para o retrovisor e viu que o caminho que havia traçado não a levaria ao "arco-íris". Muitos carimbos no passaporte e (re)descobertas depois, ela renasceu. Clique aqui e acompanhe do começo.

Como esquecer alguém em 5 passos

05.06.2018

 

Seu cúpido é gari e só entrega boy lixo, como bem canta Marília Mendonça? 

Bom, se seu cúpido é amador e o último lixo que ele entregou tem feito você sofrer, seguem as dicas para esquecer de vez o traste.

 

 

 

 

 

 

1. Decida

 

Não é por acaso que este é o primeiro passo.

Enquanto você não decidir que não quer mais estar ao lado desta pessoa, andará para trás para sempre.

Eu sei que a gente decide primeiro mas o danado do coração fica insistindo na história.

Ele manda aquele tempero de saudade, sensação de solidão e medo de ficar sozinha.

Além disso, flashbacks do “casal perfeito” e visões de um futuro promissor começam a tumultuar sua cabeça.

Isso é normal!

Há aqui no site um texto bem legal que fala sobre as fases do luto. A última dela é a aceitação: que é quando realmente aceitamos que aquela história acabou. Portanto, o processo esquecer o traste começa com aceitar que não deu certo e decidir que não quer mais: se ele não quer mais você, ele não é a pessoa certa; se ele quer mas faz você sofrer, continua sendo boy lixo.

Diga para você mesma que não quer mais estar nesta situação e siga para a próxima casa.

 

 

2.   Longe dos olhos (e do ouvido), longe do coração

 

Chegamos nas regras à la Dua Lipa:

  • Delete o telefone dele da agenda. Eu sei que você sabe decorado, mas com o tempo vai esquecer. Libere sua agenda para os novos contatinhos. 

  • Se ele não ti ama: hora de bloquear. Você não precisa mais saber nada sobre ele e ele não precisa saber nada sobre você. A fila andou e você precisa estar com a mente livre e fugir de alguns desconfortos, como: vê-lo em festas, vê-lo com outras pessoas, não vê-lo e achar que ele pode procurá-la etc. 

  • Evite amigos em comum, em especial os que levam e trazem conversa. Eles vão repassar no boca a boca o que você está evitando saber pelas redes sociais.

  • Ele ligou? Quer conversar? Não atenda, não vá. Enquanto você não tiver virado a chave, não é o momento para serem amigos e para ele é muito fácil. Vendo você terá acesso ao bônus sem o ônus de uma relação. Enquanto ele fica satisfeito, você fica na mão. Mande ele ser amigo da mãe dele.

 

3. Mude a playlist

 

Nada de música de sofrimento. Nada de música de amor.

Se a letra é “amorzinho” tire a "agulha do disco”.

Fiz uma playlist no Spotify exclusivamente para você: tem de Fuck You da Lilly Allen a Segunda Opção do Wesley Safadão.   

Siga a playlist  e aperte o play no volume máximo.

 

 

4. Ame-se, mime-se 

 

É a hora de comprar aquela lingerie só para você vestir, olhar-se no espelho e achar-se uma gata.

É hora de ir no salão e dar-se um dia de spa; cabelo, depilação, unha, massagem relaxante e tudo mais que você merece. 

É hora de chamar aquele contatinho que sempre está na sua cola e escutar ele dizendo o quanto você é maravilhosa.

É hora de lembrar o quanto você é FODA!

 

 

5. Ocupe seu tempo

 

Quando estamos em um relacionamento, acabamos dedicando algum tempo da nossa rotina para o outro. Serão nessas horas que o coraçãozinho vai ficar mais forte e pode fazê-la voltar atrás na sua decisão de seguir em frente.

Fuja do celular e vá fazer coisas para ocupar o tempo.

Vale um curso de dança, ir para academia, fazer faculdade, correr etc.

Só não vale ficar ociosa.

Sabe o ditado que diz que cabeça vazia é oficina do diabo?

Pois é, cabeça vazia coloca o diabinho do coração para trabalhar mais do que nunca.

Quando você perceber, já estará sendo a segunda opção dele e voltará todas as casinhas do tabuleiro.

Falando em tempo, ele será seu grande amigo neste processo.

Esta porta se fechará e com o outro tantas outras irão abrir-se.

Tenha paciência e siga em frente.

 

 

E você? Tem mais alguma dica para esquecer o boy lixo?

Eu levei um pé na bunda (marido saiu de casa depois de 14 anos de relacionamento) e acabei usando quase todas as dicas acima ( saiba mais em Renascer aos 30).

Será um prazer saber um pouco da sua história também!

Compartilhe o texto e marque sua amiga que precisa livrar-se daquele boy lixo!

 

Share on Facebook
Please reload

TEXTOS RELACIONADOS

Please reload